Jovem desaparecida após encontro do Tinder foi esquartejada em 14 pedaços

 (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

                                     (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
O Site número UM em Mantena e toda região
Após ter um segundo encontro com uma mulher que conheceu no aplicativo de relacionamentos Tinder, Sydney Loofe, de 24 anos, foi dada como desaparecida.

Continua depois da publicidade

O caso aconteceu em Nebraska, nos Estados Unidos, e começou a ser investigado no dia 15 de novembro de 2017, quando a mãe da moça avisou à Polícia.

A última atualização da jovem foi quando fez um post no aplicativo Snapchat com uma foto e com a legenda “Pronta para meu encontro”.

Cerca de um mês após o seu desaparecimento, o corpo de Sydney foi encontrado em um campo próximo à cidade em que morava, desmembrado em 14 pedaços e postos em de sacos de lixo. 

Os acusados pela morte da jovem são Aubrey Trail, de 52 anos e a namorada dele, Bailey Boswell, de 25. A acusação afirma que a vítima foi atraída por Bailey, com orientações do homem.

Apesar de o corpo de Sydney mostrar sinais de luta, a defesa do casal alega que a morte da jovem foi acidental e que os três participavam de uma relação consensual com prática de asfixia.

A procuradoria nega e ainda afirma que o crime foi premeditado.

Os acusados de assassinar Sydney: Aubrey Trail, de 52 anos e sua namorada Bailey Boswell, de 25 (Foto: Reprodução/Saline County District)

Os acusados de assassinar Sydney: Aubrey Trail, de 52 anos e sua namorada Bailey Boswell, de 25 (Foto: Reprodução/Saline County District)