De  Mantena para o Brasil, conheça a história de vida  e da afirmação  do cantor  Juninho Tropicall 

MANTENA ONLINE – O NÚMERO UM DA CIDADE E REGIÃO

O cantor falou com exclusividade ao Jornalismo Mantena Online , ele  não teve medo e abriu o coração  contando  sua história  desde o seu nascimento no pequeno distrito de Ariranha de Mantena até o seu atual momento  profissional.  Confira todo relato  e as fotos de Juninho Tropicall. 

Continua depois da publicidade

Juninho Tropicall   falou dos seus diversos trabalhos durante sua vida    e  da sua luta no exterior quando saiu em busca  de uma melhoria de  vida para família,  humilde e de bom coração  ele  deu a volta por cima fazendo da música  sua forma de vida  e como profissional  vem em carreira solo  juntamente com sua banda  encantando  por onde passa abrindo portas e ganhando  fronteiras.

Embora já  tenha alcançado  um relativo  sucesso  como cantor profissional com apresentações por todo o Brasil ,   Juninho Tropicall ainda não é muito conhecido  na  região Leste mineiro e Noroeste Capixaba , um estigma que ele espera quebrar  com  esta entrevista onde conta  toda sua vida, relatando que  sua história é simples e que ele trabalha sempre em sintonia com os amigos e amigas e fãs de todo o Brasil.

Com  34 anos completos  Juninho Tropicall   nasceu  no distrito de Ariranha  no dia 09/06/1985… “Fui  criado no interior de Minas Gerais em Vila Barra do Ariranha, uma terra querida e cheio de pessoas humildes e de bom coração,  sou  filho Edezio Correia e Maria Taborda Teixeira , meus pais  são abençoados  por   Deus, pessoas   humildes  e de grande coração” fala com emoção.

Segundo ele para chegar  aonde chegou não foi fácil, relatando que  antes de  ingressar na  carreira musical teve  que   enfrentar vários trabalhos   começando quando ainda era criança… “Meus pais não podiam me dar  grande conforto porque tudo naquela época era difícil,  hoje  vejo que  tudo esta  mais fácil, meu divertimento era estudar e trabalhar e era feliz com tudo isto porque eu sabia que aquilo ali era um aprendizado na vida, eu sabia que  tudo que me aconteceu  iria  servir no meu caminhar do dia a dia. Eu sempre fui grato aos meus pais por isto, pois hoje eu vivo a vida e cada conquista que eu tenho eu me recordo do meu passado, pois hoje tenho histórias boas para contar” explica.

Continua depois da publicidade

Juninho Tropicall relatou que depois de diversos trabalhos ele  realizou o seu sonho de  viajar para o exterior  aos 18 anos   em busca de trabalho e de uma melhoria de vida para toda família, porém  não soube aproveitar o que a vida lhe propôs  “Eu era um jovem que buscava melhorar a vida da minha família, pensava em trabalhar e tirar os meus pais da roça, infelizmente  depois de chegar ao exterior com  muito sofrimento,   trabalhei muito  e ganhei dinheiro, porém  acabei não dando valor  gastando  tudo que ganhava  sem pensar  nas consequências da vida, quando chegou o momento de vir embora já tinha gastado tudo e não dei  valor a nada do que  havia vivido naquele lugar e  joguei tudo para o alto e tive que vir embora sem nada” relata.

Juninho Tropicall conta que  quando retornou ao Brasil  trabalhou  como pedreiro e pintor tentando recuperar o tempo perdido, porém sentiu muita dificuldade devido a economia que encontrou no Brasil onde não dava para juntar dinheiro, restava para ele  lutar pelo seu sonho de ser um grande  cantor profissional … “Tudo que me aconteceu doeu muito, porém  me trouxe de volta ao sonho de trabalhar o meu lado  musical, então aflorou em mim  aqueles sonhos de um dia eu ser um grande cantor, eu senti que  não havia acabado o meu sonho,  sonhos são  sonhos e não acabam da noite para o  dia, assim  recomecei como cantor   e  hoje posso dizer que  o meu sonho se  tornou  realidade na minha vida”, fala com alegria.

De posse do sonho no coração e na alma, Juninho lembra  que  entrou em contato  com o dono  de uma conhecida Banda de forró por nome Rasta Chinela onde recebeu sua primeira oportunidade real … “Era tudo que eu precisava, eu  abracei a oportunidade  e fiz de tudo para   mostrar o melhor de mim, sou grato a Banda Rasta Chinela   por tudo aquilo que eles fizeram  por mim”, agradece.

Continua depois da publicidade

Juninho Tropicall  relata  que logo depois  conheceu outra banda famosa,  a conhecida   Camisa Suada   que também lhe deu oportunidade … “Eu agradeço ao  Branquinho da JM PRODUÇÕES por ter me dado  a oportunidade de mostrar o meu trabalho, então sou muito grato a todos por isto que hoje eu sou”, conta.

Depois de muita luta  Juninho Tropicall  começou uma carreira  solo e  conseguiu sua própria Banda de Forró que  tem a participação de excelentes músicos… “Eu agradeço a Deus por tudo que tem realizado em minha vida, agradeço a minha produção,  hoje, apesar das grandes conquistas, eu  ainda não   posso falar que estou totalmente  realizado pelo fato de não ser reconhecido no Brasil inteiro,  mas,  estou orando a Deus e tenho certeza que em  breve estaremos  nos apresentando  em todas as cidades  do Brasil, sempre com profissionalismo, porém,  antes de tudo com muito carinho”. 

Agradecimentos… 

“Sou uma pessoa  simples que nasceu  em um pequeno lugarejo no interior de Minas Gerais,  não posso deixar de  agradecer aos meus amigos  e parceiros  Alex e Iran do Bonde Sertanejo que sempre me deram apoio desde o começo , quero agradecer   também ao Paulo Reis que   disponibilizou uma grande estrutura com ônibus  para que hoje pudéssemos viajar para todo Brasil para levar este nosso trabalho em carreira solo,  quero  agradecer ao meu compositor e   amigo Marquinhos   e   a todos vocês que hoje estão abrindo as portas para eu poder contar a minha história de superação… Sou feliz por tudo isto…  Que  Deus em Cristo abençoe a cada um de nós…Meu muito obrigado a todos” finalizando.